desculpas

Desculpa por minha vida deprimente, eu sei que não sou perfeita;

Desculpa por minha arrogancia, agora enxergo que não existem verdades absolutas;

Desculpa por minhas manias, eu sei que falo demais;

Desculpa por existir, o destino nos  pregou peças e nos colocou frente a frente;

Desculpa por me apaixonar, e não poder demonstrar toda a força e a verdade que há nesse sentimento;

Desculpa por toda a covardia, talvez toda a paralisia e apatia que me encontro agora já existe um porque;

Desculpa por tantas frases, por tantas palavras lançadas, eu só queria que me ouvisse ao menos uma vez;

Desculpa por meu silêncio, é que eu não quero demonstrar a tamanha tristeza que eu to sentindo e toda a raiva que eu tenho de mim por ser assim;

Só que mesmo pedindo desculpa nada vai mudar o que eu deixei marcado e por ser assim tenho certeza que nem o seu olhar mereço mais!

Desculpa se sou movida a sentimentos. Se só funciono com beijos, carinhos e palavras apaixonadas. Desculpa se preciso de dedicação especial, se sou insegura e não me garanto como você. Desculpa se exijo mais cuidados do que você pode me dar.Desculpa se não olhei pros lados antes de atravessar a linha que leva ao amor. Desculpa se não pensei duas vezes antes de mergulhar de cabeça no nosso romance, se me entreguei sem titubear, incondicionalmente.Desculpa se sou humana, se erro tentando acertar. Desculpa se fui sincera, se confiei e busquei em você a compreensão que você não pôde me oferecer. Desculpa se acreditei em nós dois mais do que deveria, se me apego fácil e não sei gostar só um pouquinho. Desculpa se não pude ser a namorada que você queria ter.Todavia, não sei se devo me desculpar, já que nem ao menos estou certa de que consigo te absolver.Não sei se te perdôo pelas coisas que você fez sem pensar, pelas suas palavras amargas ou seu silêncio indiferente. Não sei se te perdôo pelas noites que não dormi, pelas madrugadas que chamei e você não me atendeu. Não sei se te perdôo pelas lágrimas que derramei e pelas que ainda insistem em escorrer pelo meu rosto.Não sei se te perdôo por me julgar e criticar sem ao menos me ouvir ou tentar entender. Não sei se te perdôo por brincar com meus sentimentos, por desprezar o que senti e sinto por você, por me humilhar quando o que eu mais queria era teu alento. Não sei se te perdôo por tudo o que sofri por você.Sei que você não quer minhas desculpas, que tampouco busca meu perdão. No entanto, insisto: desculpa, me perdõe!

Texto redigido escutando a Song: Life for Rent by Dido

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s