Notícias de mim PT 02

Sete dias se passaram, e visualizações através de um rosto coberto com lágrimas me fizeram crer em outras possibilidades.

Pelo menos eu estou passando a ver que existem pessoas que estão dispostas a ver o meu desempenho positivo através deste lugar onde me encontro. Tudo ficou por não dizer, talvez pra que não houvesse mágoas desnecessárias. Talvez foi melhor assim e aprender a viver sem você ao que tudo indica não será tão simples, mas será melhor do que brigarmos por coisas que não valem a pena. Aprendi que pelo menos posso olhar pra você como um amigo e sem chorar e sem titubear e pensar em fugir.

Sei que parece recente, mas, essa certeza tomou conta do meu coração no dia de hoje. Ao ver uma alma também tensa como eu que estava desesperada por perder o seu amor por conta de mal entendidos e palavras cheias de farpas, percebi o quanto foi importante o meu silencio diante das suas palavras diante de mim. Seu amor que ainda clama por ela, suas esperanças e expectativas que foram depositadas ainda ardem em carne viva, sangram e talvez magoem ainda mais os seus dias e noites. Eu não gostaria de estar a sombra desses sentimentos e por mais que eu tenha as boas intenções não consegui levar essa história a frente… Por isso a resignação e o recolhimento me fizeram acreditar que é possível seguir sem pressa, mas, ao lado e nunca atrás de outra pessoa.

Hoje pela primeira vez lembrei das muitas coisas sem chorar,talvez por não ter mais forças pra chorar, talvez porque estou encarando a realidade que eu não posso mudar… Mas encontrei um último resquício de força interna. Usarei-a para encarar o próximo desafio a diante a auto-confiança e auto estima!

“Se tu me deres o que te peço,
Tenhas a certeza que não irás arrepender-te,
Se tu achares que de fato eu mereço,
Levarei toda a minha
vida a agradecer-te.
 
Para mim não calculas o valor que terá,
Será uma dádiva digna de príncipes,
Conto os minutos esperando a hora que acontecerá,
Com a esperança do naufrago agarrado aos arrecifes.
 
Quanto a
ti, não sei de tuas intenções
Já que vives fechada dentro de
ti mesma,
Não deixas que se perceba teus
sonhos e tuas emoções,
Pois tudo que fazes criatura, é de sofisma.
 
Tens em tuas mãos os meus sonhos,
Basta um gesto e terei alcançado a meta.
Para fazer-te sorrir e não ver-te tristonho,
Far-me-ei de palhaço ou perfeito pateta
 
É minha obrigação de irmão fraterno
Transmitir felicidade, alegria e paz,
E ajudar aos que estão no portal do inferno,
Ter força de vontade para voltar atras.
 
Peço-te não te afundes ainda mais
Se atenderes o meu pedido, podes estar certo,
Não te arrependerás do gesto, jamais !
Não mais serás prisioneiro. Estarás liberto !
 ”

Assim me dispeço,

Da sempre sua

Alma Tensa

Texto Redigido escutando a Song: Its All Coming Back by Celine Dion

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s